grupo empresarialO programa de Voluntariado empresarial consiste na organização e apoio de uma empresa e seus funcionários, podendo ser aposentados, que tenham a disposição e interesse em ajudar voluntariamente uma comunidade, ao dedicarem seu tempo, talento e vontade.

Por se tratar de um interesse social, muitas empresas decidiram oferecer aos seus funcionários o Programa de Voluntariado Social, pois enxerga nisso uma maneira de proporcionar benefícios para a sociedade ao unir vontade e empenho dos mesmos.

Mas um dos obstáculos que muitas pessoas vêm a enfrentar é a falta de informação. Existe a vontade, existe o interesse em ações de cunho social, mas não sabem como começar nem por onde. O tempo disponível acaba não entrando em sintonia com as oportunidades e, assim, acabam por não colocar em prática a aptidão que adquirem.

Para facilitar o interesse de pessoas que tem essa dificuldade, as empresas servem como apoio, pois estimulam tais ações aos seus funcionários. Assim, ela ganha o benefício de ter seus funcionários mais integrados e também ajudando na coesão interna da empresa

É claro que não se pode esperar apenas a parte benéfica do Programa, tem de saber que para chegar a esse nível, algumas coisas devem ser esclarecidas antes. Cabem às empresas deixarem claro as políticas adotadas e qual a principal intenção do programa. E explicar que nenhum funcionário deve se sentir na obrigação de participar, pois apesar de não ser sua principal intenção, ainda deve existir um ambiente de trabalho confortável, de modo que sua recusa não interfira no trabalho adquirido de todo seu tempo na empresa. Assim, pode-se perceber se todas as condições conspiram a favor da atividade, e se aparecer qualquer conflito interno, esse deve ser corrigido antes mesmo do começo do programa.

Feitas todas essas etapas, pode começar a implantação do Programa, e esperar um resultado positivo para todas as partes envolvidas, a empresa, funcionários, instituições e comunidade.

Sabe-se que o trabalho voluntário tem como principal objetivo a contribuição para quem necessite, seja por meios de atividades ou doações, mas não tem a necessidade de imaginar que deve ser feito somente com essa intenção.

No caso do voluntariado das empresas, não se pode negar que se pretende melhorar também o seu clima interno, em que as pessoas obtêm uma satisfação interior e se sente cada vez mais estimulada a participar deste processo. Assim, cresce o número de profissionais no setor de Gestão de Pessoas e ajuda na criatividade, interação e confiança em grupo, além de melhorar a imagem da empresa.